sábado, 31 de julho de 2010

Comendo e Vomitando



Saboreei o amargo gosto da hipocrisia,
Degustei o ácido sabor da indiferença.
Eu não passava fome, disso você não sabia,
Por isso me alimentava de falsas esperanças.
Era comendo e vomitando,
Todos os pratos indigestos,
Era engolindo e engasgando,
Sem reclamar ou fazer protestos.

Comi suas palavras,
Vomitei mentiras.
Comi seu sorriso,
Vomitei lágrimas.
Comi seus afetos,
Vomitei desprezo.
Comi seus sonhos,
Vomitei pesadelos.
Comi seus planos,
Vomitei ilusão.
Comi seu amor,
Vomitei traição.
Se preciso for hoje passo fome,
Mas sei muito bem o que comer,
Pegue os vômitos põe num saco e some,
Ofereça a próxima vítima, pois agora sei o que é viver.

                                                                           Jacques Manz 


                                         

1 comentários:

Goianinho disse...

perfeito

Postar um comentário