quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Quero te surpreender





Parta meu coração em bandas
Assim, como fizeste no mar.
Faz arder uma fornalha em mim
E passeia comigo, amado.
O que direi a ti
Quando nossos olhares se cruzarem no acaso?
Eu...
Surpreso...
Como te surpreender?
Não posso parar o sol,
Nem acalmar a tempestade.
Mas, irei parar as batidas do meu coração
Por um segundo...
Ter meus sentidos arrebatados,
E sonhar com sua face.
Eu, pequeno, simples diante de ti.
Era para te surpreender...
Contudo, essa possibilidade me deixa MAIS que perplexo.
Que voltem os sentidos...
Deixa-me pensar um pouco mais.
Parta meu coração em bandas
Assim, como a mulher e o vaso,
Faz exalar de mim,
O seu perfume preferido
Aquele que usas às seis horas,
E, passeia comigo amado.
Não esconderei meus pecados,
E nem me ocultarei por conta deles,
Mas, me constrange na virada do dia.
A flor que tapa minha vergonha te dou,
E ficarei aberto assim como no princípio.
Vomitarei o fruto proibido,
Quero estar puro aos seus olhos.
Fincarei meus pulsos no madeiro
Para sentir um pouco de sua dor,
Enxugarei seu sangue no Getsêmani
Não dormirei, só para te surpreender...
Repudio as moedas de pratas,
Quero roubar sua atenção,
Eu, ladrão, diante de ti,
Só para ouvir de sua boca,
Hoje mesmo estarás ao meu lado no paraíso.
Parta meu coração em banda,
Pois ele bombeia uma nova canção,
Melodia perfeita que ecoa...
Quero te surpreender.

                                                                                                 Jacques Manz
                                                                             (com carinho para o mestre Jesus)

4 comentários:

franciscori disse...

Eta menino bom!!!!!!!!!!!!!

Isabelle disse...

Adoro ler-te.

Khice disse...

d+

Manz disse...

obrigado meus amores

Postar um comentário