terça-feira, 17 de agosto de 2010

Mariposa, Mariposa



Diga a ele onde pousa...
entre craps e morangos,
meu amor colorido
piscina de fandangos.

Sua Costa Azul,
Uma noite sem perfume,
Navegar no Chico...
Um plantão e você some.

Um bip diz não,
minha batida diz sim,
Quem mandará no coração?
Você não pode desistir de mim.

Um sonho abençoado,
por todos os santos,
Singelo como voou da mariposa,
Tu sabes onde meu sentimento pousa.

O dia te leva,
A noite lhe traz
A vida me nega,
Meu amor lhe faz,
entender...
sentir...
perceber...
é lindo o que sinto por você.

                                                Jacques Manz

2 comentários:

Francisco disse...

Lindo. Sem palavras......

ʜǝъǝʀt ʂʌƞ disse...

Tu tá igual aquela frase da propaganda do governo da Bahia: "tá cada vez melhor"...rs

Postar um comentário